EVM na Junta de Missões Mundiais (JMM)

Em 16 de abril de 2015, a Dra. Andréa Fernandes e Rosiane Barbosa estiveram na Junta de Missões Mundiais do Rio de Janeiro a convite do pastor Tiago Lincoln Almeida, responsável por campanhas missionárias, onde o mesmo explicitou funções da instituição e apresentou a missionária Sâmia, que esteve em campo de refugiados na Jordânia.

Na oportunidade, a presidente do EVM discorreu sobre a questão de violações de direitos humanos no mundo muçulmano e se prontificou a ministrar GRATUITAMENTE palestras para as igrejas ligadas à organização missionária, que, segundo o pastor, seriam 12 mil congregações no território nacional, sendo a maioria da Convenção Batista Brasileira.

Urge destacar que, a Dra. Andréa frisou que, em razão de o Oriente Médio estar vivendo a “era dos genocídios”, seria de bom alvitre as instituições missionárias brasileiras acoplarem o conceito de AÇÕES HUMANITÁRIAS aos seus projetos missionários, dada a extrema carência assistencial das populações  – inclusive cristãs- em virtude dos horrores dos conflitos e perseguições de cunho sectário.

Desse modo, a presidente do EVM se disponibilizou a fornecer assessoria necessária para viabilizar debates sobre AJUDA HUMANITÁRIA que as igrejas filiadas à Convenção Batista Brasileira poderiam executar, pontuando, todavia, que o trabalho é GRATUITO.

Nesse mister, cumpre destacar que o propósito do EVM ao manter contato com a renomada instituição missionária é, tão-somente, outorgar às comunidades religiosas evangélicas brasileiras a oportunidade de conhecer de fato o GENOCÍDIO perpetrado contra cristãos e minorias e as necessidades de natureza humanitária presentes nas regiões de conflito, sobretudo no Iraque e Síria, sendo certo que, o conflito sírio já é reconhecido por funcionários da ONU como uma “catástrofe humanitária”, pelo que, mais de 70 MIL pessoas morreram devido à falta de itens básicos, como água limpa e serviços de saúde, remédios ou moradia.

Logo, a partir das informações sobre a tragédia humanitária que se abateu em diversas regiões do Oriente Médio, África e Ásia, acredita-se que haverá o interesse das comunidades evangélicas elaborarem projetos humanitários para socorrer o aflito, conforme preceitua seu manual de fé, a saber, a Bíblia Sagrada! E uma vez sendo elaborado projeto humanitário, o EVM se propõe a divulgá-lo em todo território nacional para sensibilizar às pessoas no sentido de contribuírem financeiramente para levar “vida” em locais onde a “morte” é uma realidade trágica.

Após ouvir as preleções da presidente do EVM, o pastor Tiago Almeida afirmou que levaria a proposta da instituição à direção da JMM.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s