Americano morre na Síria; ele estaria lutando com os curdos contra o EI

Um cidadão americano foi morto na Síria, anunciou nesta quarta-feira o Departamento de Estado, em Washington, sem confirmar uma informação de que ele teria morrido lutando ao lado de forças curdas contra os extremistas do grupo Estado Islâmico.

O porta-voz do Departamento de Estado, Jeff Rathke, confirmou a morte de Keith Broomfield, mas se recusou a dar mais detalhes sobre as circunstâncias em que ele faleceu.

Mais cedo, a emissora NBC News anunciou a morte de Broomfield, de 36 anos, citando uma autoridade curda em Kobane, que teria dito que o americano morreu em combate com jihadistas na região.

Segundo informes, ele poderia estar lutando com a Unidade de Proteção do Povo Curdo (YPG), que combate o grupo Estado Islâmico no norte da Síria.

A mãe de Broomfield confirmou a morte do filho em entrevista por telefone com a NBC.

“Estou aguardando o retorno de seu corpo”, disse a mulher à emissora.

Segundo os Estados Unidos, cerca de 100 cidadãos do país se uniram às fileiras do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, enquanto outros americanos lutam contra o grupo jihadista.

Washington recomenda fortemente aos cidadãos americanos que evitem viajar para a região com o objetivo de se unir aos combates.

http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/americano-morre-na-siria-ele-estaria-lutando-com-os-curdos-contra-o-ei,b5f7d1a4ee21cddc83d93c595b5f894dzbrhRCRD.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s