Jovem alemã grávida queimada viva por imigrantes turcos

Uma jovem alemã de 19 anos grávida foi queimada viva em um parque em Berlim. Os suspeitos são dois homens turcos. A vítima, conhecida apenas como Maria P., estava saindo com um dos suspeitos.

A polícia acredita que o principal suspeito, que também tem 19 anos, exigiu que ela fizesse um aborto. Quando ela se recusou, ela foi esfaqueada e, em seguida, queimada viva. Eles cobriram o corpo carbonizado com folhas de pinheiro. Um homem descobriu o cadáver no dia seguinte quando passeava com seu cão. O legista diz que o bebê estava prestes a nascer.

O assassinato é uma reminiscência de crimes de honra em algumas partes do mundo islâmico.

Os suspeitos vivem em Neukölln, um bairro no interior da cidade de Berlim. Grande parte da população são imigrantes da Turquia e Rússia.

A mídia alemã quase não mencionou o assassinato. Os críticos dizem que o vandalismo anti-islâmico é uma grande notícia nacional, mas assassinatos cometidos por imigrantes muçulmanos não recebem destaque na imprensa.

http://conservative-headlines.com/2015/01/pregnant-german-girl-burned-alive-by-turkish-immigrants/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s