Bombardeios russos na Síria mataram cerca de 800 civis

No total, 2.371 foram mortos, incluindo 655 jihadistas do Estado Islâmico.
MOSCOU — Os bombardeio aéreos russo na Síria causaram 2.371 mortes, incluindo 792 civis, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) nesta quarta-feira. Entre os civis mortos estão 180 menores de 18 anos e 116 mulheres.

A Rússia deu início aos ataques em 30 de setembro alegando ter como alvo militantes do Estado Islâmico (EI) e de outros grupos que considera terroristas contrários ao presidente Bashar al-Assad, antigo aliado de Moscou.

No total, 655 jihadistas do EI e 924 combatentes da frente al-Nusra — braço sírio da al-Qaeda — e outros rebeldes foram mortos nos bombardeios, segundo o OSDH, um grupo de monitoramento com sede no Reino Unido.

Os Estados Unidos e outros países do Ocidente, no entanto, acusam a Rússia de atacar rebeldes e matar civis em bombardeios discriminados.

Em 23 de dezembro, a Anistia Internacional denunciou ataques contra áreas residenciais que poderiam “constituir crimes de guerra”.

O Estado Islâmico também é alvo de uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, que realiza ataques aéreos tanto na Síria como no Iraque.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/bombardeios-russos-na-siria-mataram-cerca-de-800-civis-em-tres-meses-18383970#ixzz3voBf3a84

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s