Iémen: Quatro religiosas morreram em ataque terrorista

Atentado matou ainda colaboradores das Missionárias da Caridade, congregação fundada por Madre Teresa de Calcutá

Quatro religiosas morreram no Iémen depois de um ataque terrorista de homens armados contra o convento e o asilo da congregação fundada por Madre Teresa de Calcutá na cidade de Aden, revelou hoje a Agência Fides, do Vaticano.

As vítimas do ataque são pelo menos 14 somando-se dez leigos que trabalhavam na comunidade, dedicada ao acolhimento de idosos e pessoas com deficiência.

O vigário apostólico para a Arábia meridional, D. Paul Hinder, revelou à agência AsiaNews que pessoas em uniforme entraram no edifício onde vivem as religiosas, matando o guarda e os empregados que se atravessaram no seu caminho.

“Depois chegaram às irmãs e dispararam: quatro morreram e uma delas conseguiu esconder-se, salvando-se. Agora está num local seguro”, refere o responsável católico pelo território, para quem o ataque tem “motivos religiosos”.

As vítimas eram naturais da Índia, Quénia e Ruanda (duas religiosas).

“Elas tinham decidido ficar, independentemente do que acontecesse, porque isso faz parte da sua espiritualidade. De resto, era claro que a zona não era segura”, disse D. Paul Hinder

Já em 1998, três religiosas das Missionárias da Caridade tinham sido mortas no Iémen, à saída de um hospital.

Fonte: Agência Ecclesia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s