Alemanha pode intensificar deportação de refugiados

Alemanha deve aumenta o número de deportações de requerente de asilo cujos pedidos foram rejeitados, disse o coordenador do governo para questões de refugiados

 

Peter Altmaier disse neste sábado, “Uma referência realística para 2016 seria uma duplicação de… números – que é onde os estados devem tomar medidas.”

Ele colocou o número 2015 aos 22.000 e os retornos voluntários aos mais de 37.000.

No último ano, a Alemanha recebeu mais de um milhão de refugiados e requerente de asilo que fogem da guerra e da pobreza no Oriente Médio e Norte da África. O país está se esforçando para acelerar os processos de asilo e lidar com o fluxo de refugiado.

 A maioria desses deportados da Alemanha foram do Balcãs que rotineiramente viajam ao país da Europa Ocidental na busca por empregos. Berlim anunciou que só aceitaria refugiados vindos das zonas de conflitos.

A Alemanha também iniciou as negociações com alguns países, tentando convencê-los a reenviar os refugiados de volta. Uma dessas iniciativas já começou com Afeganistão que podia ver afegãos retornando para áreas consideradas seguras em seu país. Os relatórios dizem, contudo, meses de negociações não conseguiram dar frutos.

 Altmaier também defendeu um acordo recente entre a União Europeia e Turquia pelo qual refugiados que desembarcarem nas costas Europeias seriam enviados à Turquia. As organizações de direitos humanos, incluindo a Anistia Internacional e a Agência de Refugiados das Nações Unidas (ARNU).

Fonte: PressTV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s