Cristã indiana é atacada por extremistas islâmicos

Samari e seu filho compartilhavam o evangelho na pequena aldeia onde moravam; por se tratar de uma região onde há poucos cristãos, o ambiente era perigoso e hostil.

Recentemente, Samari Kasabi, uma cristã indiana de 55 anos foi atacada por extremistas islâmicos até a morte. Ela e seu filho Sukura compartilhavam o evangelho em sua aldeia. Por se tratar de uma região onde há poucos cristãos, o ambiente era perigoso e hostil.

Segundo fontes locais, os rebeldes estavam procurando o jovem Sukura, mas como ele não estava em casa, sua mãe foi arrastada para fora e atacada violentamente. Infelizmente ela não resistiu aos graves ferimentos.

Na aldeia, eles eram os únicos cristãos declarados. Outras três famílias que também estavam convertidas ao cristianismo decidiram voltar atrás da decisão por causa da perseguição severa que a igreja enfrenta no país.

https://www.portasabertas.org.br/noticias/2016/12/crista-indiana-e-atacada-por-extremistas-islamicos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s