Irã nega existência de 7% de sua população

O último relatório de Teerã às Nações Unidas sobre suas minorias deixa completamente de mencionar a existência de cerca de cinco milhões de árabes Ahvazi.

Cinco milhões de iranianos simplesmente desapareceram. Isso se você acreditar no último relatório do país para a U.N. sobre seu trabalho com as minorias dentro do país. Os autores do relatório optaram por ignorar a existência de uma das maiores minorias, os cinco milhões de árabes Ahvazi.

A organização de direitos humanos do povo Ahvazi notou a omissão dos árabes de Ahvazi e, de fato, a falta de menção da existência de árabes no país.

Esta aparente negligência vem apesar do fato de a grande maioria dos Ahvazis ser xiita- que é a maior denominação religiosa na República Islâmica do Irã.

O relatório iraniano foi apresentado ao Conselho de Direitos Humanos da ONU na última semana de novembro.

“Isso enfatiza a política contínua do regime iraniano para tentar eliminar a identidade dos árabes na província de Ahvaz”, disse o líder dos direitos humanos Ahvazi, Karim Abbadiyan Bani Said.

A organização aponta para o fato de que após 600 anos chamando sua província de Arabistão, Teerã mudou o nome para Khuzestan.

“A província árabe produz cerca de 90% do petróleo iraniano, mas as pessoas vivem em extrema pobreza, disse Bani Sa’id.

http://www.clarionproject.org/news/iran-denies-existence-7-its-population

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s