Mesquita australiana celebra casamento de “refugiado” com uma menor de idade

Por Andréa Fernandes

Um candidato a asilo proveniente de Mianmar foi sentenciado a 18 meses de prisão por se casar com uma menor de idade na Austrália,  no que alguns acreditam ser a primeira acusação desse tipo no país.

O criminoso casou-se com uma menor de 14 anos de idade em uma mesquita islâmica no subúrbio de Noble Park de Melbourne, em setembro do ano passado, quando tinha 34 anos. Segundo o tribunal do condado de Victoria, ele ofereceu jóias de ouro à mãe da menina e um dote, prática esta comum em algumas ditaduras islâmicas como Afeganistão e Iêmen.

É importante frisar a resposta da juíza Lisa Hannan à alegação do pedófilo acerca do pretenso direito ao “casamento infantil” autorizado pela religião islâmica:

“Embora a tolerância religiosa e o firme abraço do multiculturalismo sejam pedras angulares da sociedade australiana, não é atenuante dizer que sua conduta foi permitida dentro das regras do Islã ou de qualquer outra religião ou sistema de crença.”

Curiosamente, não há informação da grande mídia no tocante ao líder da mesquita que ajudou a promover a prática do crime, pelo que, não se sabe se foi aplicada alguma punição ao religioso. Outrossim, o criminoso não foi identificado para preservar a identidade da vítima.

Fonte: http://www.straitstimes.com/asia/australianz/myanmar-asylum-seeker-jailed-for-marrying-underage-australian-girl

Imagem: http://www.npr.org/sections/goatsandsoda/2015/10/28/452540839/children-get-married-in-the-u-s-too-15girls

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s