4,9% da população iraquiana é formada por trabalhadores infantis

Último censo no Iraque revela que 4,9% da população do país é formada de trabalhadores infantis.

O Ministério de Planejamento e Cooperação para o Desenvolvimento divulgou no início do mês de dezembro o resultado do censo frisando que a população iraquiana é formada de 37 milhões de pessoas.

Segundo a agência Anadolu o trabalho infantil engloba idades de crianças entre 7 e 17 anos, sendo que  milhares delas  são obrigadas a deixar suas escolas para ingressar no mercado de trabalho a fim de ajudar suas famílias.

O mais grave é que essas crianças atuam em profissões perigosas, conforme denúncia de ONGs locais, principalmente funções relacionadas ao conserto de veículos, onde a maioria das empresas não possui medidas de segurança mínimas para evitar acidentes de trabalho num país em que a taxa de desemprego alcançou 32% em 2016.

Além disso, o aumento de utilização de crianças em redes de mendicância vem preocupando as autoridades, porém, a ONU se nega a deliberar sobre essas graves violações dos direitos humanos através da agência  OIT (Organização Internacional do Trabalho) , que em dossiê anual  produzido para conferência tem como único foco o Estado de Israel ocultando as evidentes violações praticadas por outros países.

Com informações de Middle East Monitor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s