Exército de Mianmar destrói mais de 60 igrejas

Mais de 60 igrejas  foram bombardeadas  ou queimadas pelo exército de Mianmar  nos últimos 18 meses, enquanto as forças armadas intensificaram suas operações violentas nas regiões de Kachin, de acordo com relatórios de líderes de igrejas ocidentais.

Um correspondente da Sky News afirmou em junho de 2018 que as táticas brutais do exército, que incluem o bombardeio aéreo e a queima de aldeias, equivalem a uma campanha de genocídio contra o grupo étnico Kachin, majoritariamente cristão.

Dezenas de milhares de Kachin foram deslocados desde o início de 2018 e sabe-se que um número significante se abrigou em igrejas, já que as autoridades locais lhes recusaram permissão para estabelecer acampamentos para viver.

A evidência da destruição das igrejas pelo exército levanta a perspectiva de que aqueles que fugiram e procuraram refúgio nas igrejas em áreas atualmente pacíficas podem ainda não estar a salvo das forças armadas. Acredita-se que os grupos budistas foram erguidos em pelo menos 20 dos antigos locais da igreja.

A agência cristã de ajuda humanitária Barnabas Fund continua prestando ajuda e ajuda a cristãos desesperados de Kachin. O Fundo Barnabé está cobrando os custos do tratamento médico para alguns dos cristãos feridos em ataques do exército. 

Com imagem Christian Today e informações Global Christians News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s