Liberado após 7 meses de prisão o imigrante afegão que abusou sexualmente de sete crianças na Alemanha

Um imigrante afegão que abusou sexualmente de pelo menos sete crianças na Alemanha é libertado depois de apenas sete meses de prisão, informa o jornal Augsburger Allgemeine .

O homem foi condenado por se expor às crianças nos bondes da cidade de Augsburg. Nas linhas de bonde, ele sentou-se com garotas de apenas dez anos e expôs seus genitais enquanto se masturbava.

Devido a gravações em vídeo, um policial, que estava viajando em particular, o havia reconhecido em dezembro de 2017 em Königsplatz e o prendeu. A acusação legal contra ele é o abuso sexual de crianças.

O refugiado reconhecido foi libertado após apenas sete meses de prisão depois de um acordo entre seu advogado de defesa Michael Bauer e a promotora Hannah Witzigmann e o tribunal.

O refugiado agora recebe um oficial de condicional e um cuidador ao seu lado, porque de acordo com a corte, ele sozinho ‘não está em posição de dominar sua vida em liberdade’.

Com imagem e informações Voice of Europe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s