Clérigo muçulmano que lidera a maior rede de tribunais islâmicos da Grã-Bretanha, é investigado por estupro de crianças

  • Polícia investigando alegações de que o xeique Faiz-ul-Aqtab Siddiqi estuprou duas mulheres holandesas
  • Ele negou as alegações, que apareceram pela primeira vez no jornal holandês De Telegraaf 
  • Duas mulheres alegam ter sofrido abuso sexual a partir dos 11 e 12 anos até aos 16 anos

Um clérigo muçulmano que dirige a maior rede de tribunais islâmicos da Grã-Bretanha tem sido questionado sobre alegações históricas de violação de crianças.

A polícia de West Midlands está investigando alegações de que o xeique Faiz-ul-Aqtab Siddiqi estuprou duas mulheres holandesas nos anos 1980 e 1990.

Ele negou as alegações, que apareceram pela primeira vez no jornal holandês De Telegraaf, dizendo que elas são “infundadas” e parte de uma campanha para desacreditar sua família.

O clérigo, 51 anos, é o chefe do Tribunal Arbitral Muçulmano, um serviço legal islâmico que opera uma série de controversos tribunais sharia em toda a Inglaterra, que os críticos dizem discriminar as mulheres.

As duas mulheres afirmam que foram abusadas sexualmente desde as idades de 11 e 12 até os 16 anos. Elas foram enviadas para o Reino Unido por seus pais para serem educadas pelo pai do xeque Siddiqi, um respeitável estudioso muçulmano.

Um porta-voz da Polícia de West Midlands disse: ‘Um homem de 51 anos de Nuneaton foi voluntariamente entrevistado em relação a alegações de casos históricos de estupro. As investigações continuam em andamento.

O xeique Siddiqi também é chefe de um colégio islâmico baseado em uma imponente mansão em Warwickshire. 

Ele também é dono de um parque de férias em Devon, onde vários futebolistas da Premiership têm casas de campo.

Com imagem e informações Daily Mail

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s