Migrantes banidos de escolas e creches finlandesas depois de vários casos de estupro em crianças

O município finlandês de Oulu anuncia que os migrantes não podem mais visitar escolas e creches.

A razão é que os pais se queixaram das chamadas visitas de integração e se preocupam com seus filhos depois da recente onda de estupro contra jovens garotas.

Segundo a polícia finlandesa, os alegados autores são migrantes do sexo masculino que vieram para o país nos últimos anos e a maioria das vítimas de violação são adolescentes com menos de 15 anos.

Um dos lugares que a mídia destacou em conexão com a onda de estupro é o município de Oulu, na Ostrobótnia do Norte. Em Oulu, a polícia está investigando pelo menos dez migrantes por crimes sexuais graves contra meninas de até dez anos.

Como resultado, os pais se queixaram e expressaram preocupação sobre como o município pode permitir que o projeto de integração ESIKOTO continue.

O ESIKOTO é um experimento de integração onde os migrantes visitam escolas e creches para aprender mais sobre a sociedade através de aulas e grupos de estudo. Também é suposto que visa promover o multiculturalismo.

No entanto, agora a liderança municipal escolhe atender o pedido dos pais e encerrar o projeto de integração.

Mika Penttilä, responsável pela educação e cultura no município, confirma que, juntamente com os organizadores do projeto, decidiram que não haverá mais visitas.

Recentemente, relatos da mídia sobre crimes sexuais também revelaram novas estatísticas criminais no município de Oulu. Arto Karnaranta, vice-chefe de polícia, explica que as ofensas sexuais em apenas um ano – entre 2017 e 2018 – aumentaram em 20%.

Imagem e Informações Voice of Europe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s