Arquivo da tag: #al-Shabaab

ONGs apelam contra fechamento do maior campo de refugiados do mundo

ONU e grupos denunciam ilegalidade de proposta, tomada por motivos de segurança, mas que pode piorar ainda mais situação de terrorismo.

NAIRÓBI – O governo do Quênia provocou apelo internacional após anunciar um grande investimento para encerrar as atividades no campo de refugiados de Dadaab, o maior do mundo. De acordo com o Executivo, o local tem suspeitas de que sirva de abrigo para os radicais islâmicos somalis do al-Shabaab, aliados da al-Qaeda. Mas a ONU e várias ONGs apelaram contra a decisão.

Continuar lendo ONGs apelam contra fechamento do maior campo de refugiados do mundo

Al-Shabaab mata mais cristãos no Quênia

A fé dos cristãos quenianos permanece firme e é digna de ser exemplo para muitos cristãos que sequer imaginam o que é ser perseguido por amor a Cristo

De acordo com notícias do Morning Star, mais uma vez o grupo extremista islâmico Al-Shabaab atacou cristãos de uma pequena vila costeira, deixando pelo menos quatro mortos e vários feridos. “Só no ano passado, esse grupo extremista matou pelo menos 147 estudantes da Universidade de Garissa. Os cristãos que vivem em regiões costeiras e no norte do Quênia estão enfrentando ataques cada vez mais brutais. O governo queniano não está conseguindo proteger os cidadãos e a situação piora a cada dia”, comenta um dos analistas de perseguição.

Como o 16º país da Classificação da Perseguição Religiosa de 2016, o Quênia tem apresentado um cenário devastador, mesmo tendo 80% da sua população cristã. “O problema é que a minoria muçulmana está no poder, então eles querem fazer uma limpeza étnica no país. A corrupção chegou a um nível alarmante e o governo tem alianças com grupos terroristas, como o caso do Al-Shabaab. O futuro da igreja no país é preocupante e os cristãos temem pelo que ainda virá”, diz o analista.

 Por outro lado, a fé desses cristãos permanece firme e é digna de ser exemplo para muitos cristãos que sequer imaginam o que é ser perseguido por amor a Cristo. Em uma carta, uma cristã queniana escreve palavras de perdão para o Al-Shabaab, mostrando que sua fé está acima de sua dor: “Eu digo para todos vocês, militantes do Al-Shabaab, que mataram meus irmãos e irmãs cristãos: eu perdoo vocês. Sim, é isso mesmo. Da mesma forma que vocês encheram seus corações de ódio (assim como aquela multidão enfurecida fez há dois mil anos), eu vou encher meu coração com amor – como Jesus fez – porque vocês realmente não sabem o que fazem…eu não os odeio. Eu amo vocês.”

https://www.portasabertas.org.br/noticias/2016/03/al-shabaab-mata-mais-cristaos-no-quenia

EUA realiza ataque aéreo contra líder do al-Shabaab na Somália

Os Estados Unidos realizaram um ataque aéreo contra um alto líder dos radicais islâmicos ‘shebab’ na Somália e estão a avaliar os resultados da operação, anunciou hoje o Pentágono.

A operação, que não envolveu soldados norte-americanos no terreno, decorreu na quinta-feira numa estrada a sul de Mogadíscio e foi dirigida contra um “alvo de alto valor”, declarou aos jornalistas um porta-voz do Pentágono, o coronel Steven Warren.

Um responsável do Departamento de Defesa indicou à agência France Presse que o ataque foi realizado por um ‘drone’ (avião não tripulado).

“Esta operação visou a rede ‘shebab'”, adiantou Warren, indicando que o Pentágono poderá dar informações adicionais “se e quando for apropriado”.

O Pentágono recusou comentar informações de que o ataque teria visado um dos cérebros do ataque ao centro comercial Westgate, em Nairobi, em setembro de 2013, que causou 67 mortos.

Três pessoas morreram hoje e oito ficaram feridas no ataque a uma caravana oficial no nordeste do Quénia, perto da fronteira somali, segundo um responsável local, um atentado reivindicado pelos ‘shebab’.

A caravana, que transportava o governador do condado de Madera, Ali Roba, foi atacada através de lança-roquetes perto da localidade de Madera, mas o governador não foi atingido, indicou à AFP um autarca de Madera, Elvis Korir.

Contactado pela AFP, Abdulaziz Abu Musab, porta-voz militar dos ‘shebab’, reivindicou a operação, afirmando que tinham sido mortas quatro pessoas e destruídos dois veículos.

Há vários anos que os ‘shebab’ realizam ataques em países vizinhos e envolvidos militarmente contra os radicais na Somália.

Os rebeldes ‘shebab’, que em 2012 anunciaram a sua adesão formal à Al-Qaida, já controlaram quase todo o centro e sul da Somália, mas desde agosto de 2011 que têm sofrido uma série de desastres militares.

Ainda assim continuam a ser a principal ameaça à paz na Somália, país em que as primeiras eleições multipartidárias por sufrágio universal em mais de 40 anos estão previstas para 2016. Desde a queda do regime autoritário do presidente Siad Barre em 1991 que o país vive em guerra civil.

http://www.dnoticias.pt/actualidade/mundo/504286-eua-realizam-ataque-aereo-contra-responsavel-dos-shebab-na-somalia