Arquivo da tag: #americano

Adolescente americano é condenado a 11 anos por apoiar Estado Islâmico

Jovem de 17 anos foi sentenciado à prisão por apoiar grupo terrorista.
Ele ajudava a arrecadar fundos para o grupo via Twitter e blog.

Um adolescente da Virginia, nos EUA, foi condeado a 11 anos de prisão por apoiar o grupo terrorista Estado Islâmico.

 Ali Amin, de 17 anos, foi sentenciado a 136 meses nesta sexta-feira (28), afirmou o Departamento de Justiça dos EUA.

O jovem, de Manassas, foi considerado culpado de conspirar para providenciar material de apoio ao grupo jihadista.

Amin usou seu Twitter e seu blog para dar instruções sobre como usar a moeda virtual Bitcoin para enviar fundos para os militantes do Estado Islâmico, de acordo com documentos do tribunal.

Os promotores afirmam também que ele ajudou outro morador da Virgínia, Reza Niknejad, a viajar para a Síria para se unir ao grupo.

O serviço de monitoramento do terrorismo SITE disse que Amin tinha cerca de 4 mil seguidores no Twitter e estava em comunicação com soldados e recrutadores conhecidos do EI.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/adolescente-americano-e-condenado-11-anos-por-apoiar-estado-islamico.html

Estado Islâmico diz que americano cometeu atentado no Iraque

Ele seria um dos quatro suicidas que detonaram carros-bomba em Baiji.
Americano é chamado de Abu Abdalá al Amriki em sites jihadistas.

O grupo Estado Islâmico (EI) anunciou nesta quarta-feira (19), em um comunicado publicado em sites jihadistas, que um cidadão americano estava entre os quatro suicidas que cometeram atentados contra as forças de segurança iraquianas na região de Baiji, ao norte de Bagdá.

 O grupo, que combate há meses as forças iraquianas para tomar o controle de Baiji, indicou que “Abu Abdalá al Amriki” detonou seu carro 4×4 carregado de explosivos perto da cidade.

Os outros suicidas – dois tadjiques e um iraquiano – detonaram os explosivos que levavam em outros carros-bomba na região de Baiji, indicou o grupo jihadista, sem revelar a data dos ataques.

O EI, que tomou amplos trechos do território iraquiano em 2014, recrutou milhares de combatentes estrangeiros, em particular provenientes de Europa e Estados Unidos.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/estado-islamico-diz-que-americano-cometeu-atentado-no-iraque.html

Tempos atrás neste ano, o EI tinha informado sobre outro ataque lançado por outro suicida americano contra as forças iraquianas, quando tentavam retomar a cidade de Tikrit dos jihadistas.

Apoiadas por ataques aéreos da coalizão comandada pelos Estados Unidos, as forças governamentais retomaram terreno nos últimos meses em duas províncias localizadas ao norte de Bagdá.

Americano morre na Síria; ele estaria lutando com os curdos contra o EI

Um cidadão americano foi morto na Síria, anunciou nesta quarta-feira o Departamento de Estado, em Washington, sem confirmar uma informação de que ele teria morrido lutando ao lado de forças curdas contra os extremistas do grupo Estado Islâmico.

O porta-voz do Departamento de Estado, Jeff Rathke, confirmou a morte de Keith Broomfield, mas se recusou a dar mais detalhes sobre as circunstâncias em que ele faleceu.

Mais cedo, a emissora NBC News anunciou a morte de Broomfield, de 36 anos, citando uma autoridade curda em Kobane, que teria dito que o americano morreu em combate com jihadistas na região.

Segundo informes, ele poderia estar lutando com a Unidade de Proteção do Povo Curdo (YPG), que combate o grupo Estado Islâmico no norte da Síria.

A mãe de Broomfield confirmou a morte do filho em entrevista por telefone com a NBC.

“Estou aguardando o retorno de seu corpo”, disse a mulher à emissora.

Segundo os Estados Unidos, cerca de 100 cidadãos do país se uniram às fileiras do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, enquanto outros americanos lutam contra o grupo jihadista.

Washington recomenda fortemente aos cidadãos americanos que evitem viajar para a região com o objetivo de se unir aos combates.

http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/americano-morre-na-siria-ele-estaria-lutando-com-os-curdos-contra-o-ei,b5f7d1a4ee21cddc83d93c595b5f894dzbrhRCRD.html

Americano é detido por suspeita de planejar ataque a base do Exército em apoio ao Estado Islâmico

Jovem convertido de 20 anos pretendia explodir carro-bomba no Kansas após se alistar.

WASHINGTON — Um americano de 20 anos foi detido nesta sexta-feira no Kansas por suspeita de planejar um ataque com carro-bomba contra uma base do Exército, informou o Departamento de Justiça. Morador de Topeka, Kansas, John T. Booker Jr. enfrenta três acusações de crimes federais que podem levar à prisão perpétua por planejar detonar um carro-bomba em apoio ao Estado Islâmico.

De acordo com as autoridades, Booker foi pego em uma operação do FBI após ser vigiado desde março do ano passado por postagens radicais em seu Facebook. Ele planejava atingir a base de Forte Riley, no Kansas, para a qual se alistou.

Com o pseudônimo Mohammed Abdullah Hassan, ele é acusado de tentar usar uma arma de destruição em massa, trabalhar para destruir um prédio federal através de bomba e enviar material de apoio ao EI.

Fontes do Departamento de Justiça declararam que Booker não havia chegado a representar perigo para a base. Ele estaria ainda em fase de planejamento.

A detenção de Booker faz parte de uma série de ações localizadas para prender homens e mulheres acusados de planejar ataques dentro dos EUA ou sendo recrutados pelo EI.

Na última sexta-feira, uma mulher da Filadélfia foi presa por tentar se juntar ao EI. Em Nova York, Chicago e até no caso de um veterano da Força Aérea em Nova Jersey, outras prisões foram efetuadas.

http://oglobo.globo.com/mundo/americano-detido-por-suspeita-de-planejar-ataque-base-do-exercito-em-apoio-ao-estado-islamico-15835162