Arquivo da tag: #bíblia

Argélia continua promovendo forte perseguição contra cristãos

Governo muçulmano argelino impõe pesadas multas aos cristãos pelo transporte de Bíblias e fecha igrejas

O governo argelino impôs pesadas multas a dois irmãos por transportar mais de 50 Bíblias em seu carro, apenas algumas semanas depois de negar que esteja discriminando a minoria religiosa do país, ordenando o fechamento de várias igrejas nos últimos meses, segundo o World Watch Monitor .

Os irmãos, Nouredine e Belabbes Khalil, afirmaram que as Bíblias que eles carregavam eram para uso exclusivo da Igreja, mas os promotores insistiram que os livros seriam usados ​​para proselitismo.

De acordo com o World Watch Monitor , os dois irmãos foram multados em 100 mil dinares (US $ 900) em 8 de março por um tribunal em Tiaret, a cerca de 300 quilômetros a sudoeste da capital, Argel.

O caso dos irmãos vem da sua prisão em 2015, quando foram interrogados sobre a origem das 56 Bíblias e o que estavam planejando fazer com elas.

Eles sustentavam que as Bíblias eram destinadas à comunidade da igreja, que Nouredine lidera, então a polícia devolveu os livros e libertou os dois homens. No entanto, os irmãos enfrentaram uma ação judicial depois que seu caso foi encaminhado a um promotor.

Um tribunal condenou inicialmente os irmãos a dois anos de prisão e uma multa de 50.000 em dezembro de 2017, mas as sentenças de prisão foi anulada em 8 de março. Os irmãos receberam penas suspensas de três meses cada, mas suas multas foram duplicadas.

A Igreja Protestante da Argélia (conhecida por sua sigla em francês, EPA) denunciou as multas contra os dois homens como “intimidação”. A organização designou um grupo de advogados para ajudar os irmãos a apelar do veredicto de 8 de março.

 As multas contra os dois homens ocorreram quando o ministro de Assuntos Religiosos da Argélia negou discriminação contra a minoria cristã, ordenando o fechamento de igrejas. Mohamed Aissa insistiu que as igrejas “não cumprem os padrões exigidos de um local de culto.

“As instituições que foram fechadas foram fechadas porque foram construídas sem cumprir os regulamentos da República”, disse ele, observando que os estabelecimentos devem ser fechados se um prédio não tiver saídas de emergência, “mesmo que seja uma mesquita”.

“Quando um local de culto é construído sem qualquer aviso mostrando que é um local de culto, que pode permitir ao Estado protegê-lo, este lugar deve ser fechado”, acrescentou.

 O ministro destacou que a liberdade de religião é protegida pela Constituição da Argélia, mas ele observou que o Estado é responsável pela prática religiosa dos não-muçulmanos. Em 2008, 26 igrejas na Argélia foram fechadas após a implementação de uma lei de 2006 para regular o culto não-muçulmano.

Sob a lei de 2006, uma permissão deve ser obtida  antes que um edifício possa ser usado para o culto não-muçulmano, e tal atividade só poderia ocorrer em edifícios especificamente designados para esse fim.

Com informações de  Christian Today e  imagem de Stock

Arábia Saudita: Cristãos são acusados por “posse de Bíblias e oração”

Faz pouco tempo que a polícia religiosa recebeu autorização do governo para deter cristãos; as leis no reino saudita são contraditórias

Recentemente, 27 cristãos de origem libanesa, entre eles mulheres e crianças, foram presos por participar de um evento religioso realizado na Arábia Saudita. A polícia religiosa invadiu suas casas, perto de Meca, e os levou para a prisão, acusando-os de “realizar orações cristãs” e por “posse de Bíblias”. Os cristãos perderam seus vistos e foram deportados para o Líbano em seguida.

A Arábia Saudita é o maior país árabe da Ásia e da Península Arábica, ocupando a 14ª posição na atual Classificação da Perseguição Religiosa. Faz pouco tempo que a polícia religiosa recebeu autorização do governo para deter cristãos. “Orar e possuir Bíblias é uma acusação absurda para turistas, já que eles têm o direito de viajar com suas Bíblias para uso pessoal. Os policiais fizeram isso com os viajantes por que as autoridades negam a existência de cristãos sauditas no país”, comenta um dos colaboradores da Portas Abertas.

As leis no Reino Saudita são contraditórias. Por um lado, o governo reconhece o direito dos não-muçulmanos de adorar em particular, mas por outro lado, a polícia religiosa, muitas vezes, não respeita esse direito. Como a lei não está formalmente codificada, a situação jurídica da prática religiosa privada permanece confusa, o que torna a situação dos cristãos muito delicada, como ilutrou esse incidente. Ore por essa nação.

https://www.portasabertas.org.br/noticias/2016/10/cristaos-sao-acusados-por-posse-de-biblias-e-oracao

Coreia do Norte: Crer em Jesus é uma atitude antigovernamental

O simples fato de ter uma Bíblia em mãos é visto como uma afronta ao governo norte-coreano; ouvir a respeito do evangelho coloca uma pessoa em risco de prisão e até execução

O ano de 2016 começou com algumas fugas de cidadãos da Coreia do Norte, pessoas influentes para o governo como mostra a matéria Onda de deserções afeta ainda mais a vida de cristãos. O motivo é o controle social elevado das autoridades e a paranoia ditatorial de Kim Jong Un. Os cristãos que vivem lá são muito pressionados por não praticarem o “culto à família Kim”. Na nação mais fechada do mundo, em todos os sentidos, ser um cristão pode significar a morte.

Os trabalhadores de campo que moram em regiões fronteiriças estão ainda mais expostos a situações de risco, tais como sequestros e ataques violentos. Alguns conseguem fugir, é o caso da senhora J, uma refugiada norte-coreana que, atualmente, vive na China. Agora ela pode estudar a Bíblia com um grupo de mulheres, mesmo sendo vigiada pelo marido e alguns parentes que não aceitam sua conversão ao cristianismo.

Mas para quem fica na Coreia do Norte, o simples fato de ter uma Bíblia em mãos é visto como uma atitude antigovernamental. Ouvir a respeito do evangelho coloca uma pessoa em risco de prisão e até execução. Mesmo assim, milhares de pessoas preferem correr esse risco para continuar a seguir Jesus Cristo. Manter a chama da fé sempre acesa, para eles, é um ato de coragem e muita ousadia.

https://www.portasabertas.org.br/noticias/2016/10/crer-em-jesus-e-uma-atitude-antigovernamental

 

Tradutores de Bíblia estão sendo presos e mortos em países muçulmanos, afirma ONG

Na Índia, o grupo relatou que um tradutor foi arrancado de sua casa durante a madrugada e levou 17 tiros

Tradutores de Bíblia estão sendo presos e mortos em países muçulmanos, afirma ONG

 

Tradutores da Bíblia também tem sido submetidos a uma intensa perseguição em algumas partes do mundo, segundo revelou a Wycliffe Associates, organização que promove a tradução das Escrituras Saradas em diversas línguas.

Ao iniciar novos projetos de tradução de Bíblias este ano, muitos dos tradutores da organização enfrentaram duros desafios, particularmente em países predominantemente muçulmanos.

Na Índia, o grupo relatou que um tradutor foi arrancado de sua casa durante a madrugada e levou 17 tiros. Na mesma semana, 16 casos de tradutores presos e torturados foram registrados.

Outros tradutores têm enfrentado situações inexplicáveis. O líder de uma oficina de tradução no Sudeste Asiático perdeu a voz misteriosamente, enquanto um número significativo de participantes da oficina ficou doente. Um jovem tradutor do mesmo grupo também morreu enquanto cochilava durante o workshop.

De acordo com Bruce Smith, presidente da Wycliffe, o que os tradutores estão vivendo é uma parte esperada da guerra espiritual. Por outro lado, ele expressou alegria pelo fato de o grupo ter lançado 203 projetos de tradução em todo o mundo, dentro de um ano.

“Eu estava empolgado para testemunhar a Deus em um trabalho como este. Estávamos frustrados diante das nossas próprias forças. Mas quando oramos, quando reconhecemos o poder de Deus, Deus abre as portas”, disse Smith.

Atualmente, a organização está envolvida em um grande esforço chamado “Visão 2025”, um plano para ter a Bíblia traduzida em todas as línguas do mundo até 2025.

Fonte: Guiame, com informações de Christian Today | 18/12/2015 – 17:00

http://www.cpadnews.com.br/universo-cristao/31545/tradutores-de-biblia-estao-sendo-presos-e-mortos-em-paises-muculmanos-afirma-ong.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=facebook