Arquivo da tag: #campos de petróleo

Coalizão destrói campo de petróleo do Estado Islâmico na Síria

Exploração do campo rendia até US$ 5 milhões por mês.
Porta-voz diz que 26 alvos foram atingidos em ataque.

Os ataques aéreos da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos destruíram um campo de petróleo controlado pelo grupo Estado Islâmico (EI) no leste da Síria, informou nesta quinta-feira (22) um porta-voz americano.

“Os ataques da noite passada visaram as refinarias controladas pelo Daesh e seus centros de comando e controle” no campo de petróleo de Al-Omar, situado na cidade de Deir Ezzor, disse aos jornalistas o oficial americano Michael Filanowski.

“Nossos aviões atacaram 26 alvos e todos foram atingidos. Isto vai perturbar sua capacidade estratégica e financeira”.

O oficial estimou que o EI obtinha com a exploração do campo de petróleo de Al-Omar entre US$ 1,7 e US$ 5,1 milhões ao mês.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) revelou que os ataques da coalizão contra Al-Omar destruíram gasodutos e instalações petroleiras.

Um civil morreu e vários civis e combatentes do EI ficaram feridos nos bombardeios, afirmou o diretor do OSDH Rami Abdel Rahmane.

O EI, que controla vastas regiões na Síria e no Iraque, se apoia em grande parte na produção de petróleo para financiar seu “califado”.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/10/coalizao-destroi-campo-de-petroleo-do-estado-islamico-na-siria.html

Receitas do ISIS sofrem queda brutal após a perda de grandes campos de petróleo no Iraque

O grupo Estado Islâmico do Iraque e da Síria (ISIS) perdeu o controle de “pelo menos três grandes campos de petróleo” no Iraque, privando os militantes de uma fonte crucial de renda, disse uma reportagem do jornal alemão nesta quinta-feira.

Em face de uma contra-ofensiva iraquiana em grande escala, o grupo extremista agora controla apenas um único campo de petróleo no país, o Sueddeutsche Zeitung disse em sua edição de quinta-feira, citando os serviços de inteligência federais BND.

Expulso da zona norte da cidade estratégica de Tikrit pelas forças de segurança iraquianas e milícias a pouco mais de uma semana atrás – na maior vitória de Bagdá após os militantes terem invadido grandes partes do país, em junho passado – os militantes têm agora apenas “cinco por cento” de as capacidades de extração que tinham antes, de acordo com o relatório BND visto por Sueddeutsche Zeitung.

O grupo tinha perdido “pelo menos três grandes campos de petróleo”, disse o jornal, acrescentando que as imagens de satélite do último mês mostraram que o grupo tinha ateado fogo em dois deles – os campos Himrin e Ajil – em face do avanço da contra-ofensiva .

“Aos olhos do BND, isto é a prova de que o ISIS não acredita em uma retomada rápida (de território perdido)”, disse o jornal.

O ISIS só utilizou o campo de petróleo ao norte Qayara, que tem uma capacidade de produção total de apenas 2.000 barris por dia, de acordo com os serviços de inteligência alemães.

O relatório acrescentou que faltou ao ISIS também o conhecimento técnico para explorar plenamente os campos de petróleo, incluindo alguns na Síria, ainda sob seu controle.

O ISIS “dificilmente pode mais vender petróleo”, cortando uma fonte de renda significativa para o grupo, acrescentou o jornal.

Não há números exatos detalhando as finanças do grupo radical, mas os rendimentos das receitas de petróleo do ISIS são complementadas por várias outras atividades, incluindo, o contrabando de antiguidades, os impostos incidentes sobre as empresas locais e pedidos de resgate.

http://english.alarabiya.net/en/News/middle-east/2015/04/09/ISIS-revenues-hit-by-lost-Iraqi-oil-fields-Report-.html