Arquivo da tag: #comandantes

Quênia diz ter matado chefe da Inteligência do al-Shabaab

Mahad Karate morreu ao lado de outros dez comandantes e mais de quarenta combatentes em ataque do Exército do Quênia.

MOGADÍSCIO — Um ataque aéreo matou o chefe da Inteligência do Al-Shabaab, informou nesta quinta-feira o Exército do Quênia. O coronel David Obonyo, porta-voz dos militares, indicou que Mahad Karate morreu junto a outros dez comandantes do grupo e 40 extremistas de menor cargo em um acampamento de Nadris, no Sul da Somália. Ele coordenava um campo de treinamento entre as cidades de Buale e Sakow com dezenas de recrutas quando foi alvo do bombardeio.

A organização, que é ligada à al-Qaeda, nega que Karate tenha sido morto. O histórico do líder extremista — também conhecido como Abdirahim Mohamed Warsame — lista ativa participação no ataque a uma base militar queniana na cidade de el-Ade, em janeiro deste ano. Segundo o Al-Shabaab, 100 militares foram mortos na investida extremista.

O Departamento de Estado americano ainda registrou que ele teve papel importante no atentado à Universidade de Garissa, no Quênia, que deixou 150 vítimas em abril passado. No mesmo mês, as autoridades dos EUA o incluíram no rol de terroristas.

O al-Shabaab também é responsável por atentados em países vizinhos que tenham enviado tropas para respaldar o governo central. O Quênia, por exemplo, contribui com quatro mil homens às forças da União Africana, que deslocou ao todo 22 mil soldados ao solo somaliano para combater os extremistas.

Em agosto de 2011, quando as forças de paz apoiadas pela ONU entraram no país, os terroristas foram expulsos da capital Mogadishu, mas ainda ocupam grandes áreas ao sul da Somália com o objetivo de instituir um Estado islâmico na região.
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/quenia-diz-ter-matado-chefe-da-inteligencia-do-al-shabaab-na-somalia-18699468#ixzz40XH4WJp7
© 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

 

Bomba mata autoridade afegã e comandantes do Taliban morrem em ataque aéreo

Um chefe distrital afegão e outras três pessoas morreram quando o carro no qual viajavam passou por uma bomba instalada na estrada neste domingo, o último de uma onda de assassinatos conduzidos por insurgentes do Taliban.

Um ataque aéreo também matou o “governador” do Taliban para a província oriental de Kunar. Os Estados Unidos e seus aliados continuam a alvejar líderes insurgentes após a retirada da maioria das tropas internacionais depois de 13 anos de guerra.

O porta-voz da polícia para a província de Takhar, Abdul Khalil Asir, disse que o chefe do distrito de Eshkamish e três agentes de segurança foram mortos na madrugada deste domingo.

“Eles estavam indo visitar um posto de controle que tinha sido atacado por talibans durante a noite… quando seu carro foi explodido”, disse Asir.

O porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid, reivindicou a autoria do atentado, que aconteceu um dia depois que insurgentes mataram 17 policiais em outro ataque na província meridional de Helmand.

Também neste domingo, a agência de inteligência interna do Afeganistão disse que o comandante sênior do Taliban, conhecido como governador da província oriental de Kunar, foi morto junto a outros dois comandantes num ataque aéreo.

http://noticias.terra.com.br/mundo/oriente-medio/bomba-mata-autoridade-afega-e-comandantes-do-taliban-morrem-em-ataque-aereo,ed2f341f81f70f967649d3af75436e751wzsRCRD.html