Arquivo da tag: #knesset

Seis mil pacientes de Gaza tratados em hospitais de Israel, nenhum pelo Egito

Enquanto os líderes de segurança e defesa de Israel continuam a discutir a melhor forma de lidar com as ameaças que emanam da fronteira sul de Israel com Gaza, um comitê do Knesset sobre o status das mulheres está lutando com uma questão diferente.

Uma reunião de Comitê do Knesset (parlamento) para o Avanço das Mulheres, que se reuniu na segunda-feira, foi inesperadamente tensa devido às mudanças não programadas na agenda que subitamente afastaram o assunto do bem-estar das mulheres judias no sul de Israel para uma discussão sobre o status das mulheres em Gaza.

MK Merav Ben Ari (Kulanu) participou da reunião; ela explicou em uma entrevista na Rádio do Exército de Galei Tzahal, “A agenda deveria ser uma discussão sobre a situação atual das mulheres de Sderot. Mas de alguma forma mudou sem que soubéssemos disso para uma discussão de como as mulheres estão vivendo em Gaza. ”

Segundo Ben Ari, também foram apresentados dados atualizados que impediram a discussão. Nos últimos meses, “seis mil pessoas [de Gaza] receberam tratamento médico em Israel (através da travessia de Erez)”, disse ela.

Por meio da travessia de Rafah [para o Egito], ninguém está sendo transferido para centros médicos“, ressaltou.

Com imagem de United with Israel  e informações Jewish Press

Netanyahu volta a criticar eventual acordo sobre o nuclear iraniano

Pelo terceiro dia consecutivo, Benjamin Netanyahu criticou qualquer acordo entre as grandes potências e oIrão sobre o nuclear. Desta vez, o palco escolhido pelo primeiro-ministro israelita foi a Knesset, na primeira sessão parlamentar desde as legislativas onde o seu partido obteve uma confortável vitória.

Netanyahu afirmou que “a maior ameaça para a segurança e o futuro [de Israel] era e continua a ser a tentativa do Irão para se dotar de armas nucleares. E parece que o acordo que se está a formar em Lausanne abre o caminho a essa via”.

Telavive rejeita qualquer compromisso que permita a Teerão manter a capacidade para enriquecer urânio, nomeadamente através de instalações subterrâneas, do reator de Arak e de centrifugadoras aperfeiçoadas, defendendo que todo o material nuclear já enriquecido pela república islâmica em percentagens superiores às necessárias para o uso civil deve ser transferido para fora do país.

http://pt.euronews.com/2015/03/31/netanyahu-volta-a-criticar-eventual-acordo-sobre-o-nuclear-iraniano/