Arquivo da tag: #novos militantes

Al-Shabab faz recrutamento de novos militantes nas cidades quenianas

Militantes islâmicos do al-Shabab da Somália estão recrutando fortemente no nordeste do Quênia, de acordo com provas reunidas pela BBC.

O recrutamento marca uma nova tática para o Al-Shabab, despertando receio nos serviços de inteligência do Quênia e deputados.
Em uma cidade, a BBC tomou conhecimento de terem sido aprendidos 26 jovens cujo desaparecimento foi relatado à polícia, porque eles eram suspeitos de terem se juntado aos militantes.
O Al-Shabab atacou uma universidade do Quênia, há duas semanas, matando 148 pessoas.
O ataque em Garissa foi o mais mortal em solo queniano. Um dos pistoleiros era nacional do Quênio.
O recrutamento do combatentes do Al-Shabab no próprio território do Quênia marca uma mudança de tática para o afiliado da Al-Qaeda na África Oriental.

Combatentes da Al-Shabab na Somália

Militantes da Al-Shabab têm lutado contra as forças da União Africana na Somália.
As autoridades quenianas esperam conseguir a ajuda da comunidade muçulmana para combater a radicalização
A BBC teve conhecimento de casos pontuais de sumiço de jovens na cidade do nordeste de Isiolo, que mais tarde admitiram em telefonemas para seus pais, que haviam se juntado ao grupo islâmico.
Apenas metade desses casos foram denunciados à polícia por medo de represálias. Há preocupações semelhantes em outras partes do país.
As famílias dos dois jovens que entrevistei que haviam ingressado no al-Shabab estavam longe de desistências nos estudos. Em vez disso, os pais falaram que seus filhos estavam entre os mais brilhantes da sua classe, grandes empreendedores. com ambições profissionais.
Um deles, um jovem de 17 anos chamado Abdulahi, ficou fascinado com os ensinamentos de Abdi Rogo, o clérigo islâmico que foi morto em um tiroteio em Mombasa há quase dois anos.
Ele estava em uma lista de procurados internacionalmente por seu envolvimento como novo recruta do al-Shabab.
O assassinato de Rogo, que alguns muçulmanos culpam ter sido ocasionado pelas forças de segurança do Quênia, jogou o país no caos com os jovens muçulmanos tomando as ruas para protestar.
Um sentimento de marginalização, frustração e reivindicações de execuções extrajudiciais estão entre as razões dadas para o al-Shabab estar encontrando atração em partes da comunidade muçulmana.
O problema persistente de desemprego dos jovens é também um fator.

http://www.bbc.com/news/world-africa-32329518