Arquivo da tag: #palácio

Poor Palestine to build a $13 million palace to Abbas

In addition to the palace’s main buildings, there are also offices and “huts” for guards with an area of 4,000m2.

Two helipads for helicopter transport will also be built, architectural sketches can be seen here – and it seems to be royal in terms of design and size.

The $13 million palace, located in Surda, Ramallah, will be financed out of the PLO budget, which in turn is kept alive by foreign aid from the West – meaning your tax dollars. According to the PECDAR’s (Palestinian Economic Council for Development and Reconstruction) website, “the donor funds are paid out in an efficient and transparent manner, in accordance with national priorities.”

The website adds that PEDCAR is “accountable to a board of directors headed by President Mahmoud Abbas.” The impoverished Palestinian Authority therefore believes that aid money for a palace is a national priority, according to President Abbas, who still rules even though his term expired in January 2009.

Sure, we’ll admit that the $13 million palace is not much of a palace, and the Israeli counterpart is considerably more expensive, but the Israelis are paying for themselves, which is not the case for the Arabs in Palestine. You are.

http://speisa.com/modules/articles/index.php/item.1844/poor-palestine-to-build-a-$13-million-palace-to-abbas.html

Tiroteio é ouvido perto de palácio em Istambul, na Turquia, diz agência

Local é popular ponto turístico e abriga gabinete do primeiro-ministro.
Não há informações sobre vítimas; relatos dizem que houve explosão.

Disparos foram ouvidos nesta quarta-feira (19) perto da entrada do Palácio de Dolmabahce em Istambul, afirmou a agência de notícias Dogan, segundo a Reuters. Também há relatos de que teria havido uma explosão no local, diz a AFP.

O edifício da Era Otomana é um lugar de visitação popular entre turistas e também abriga o gabinete do primeiro-ministro do país na cidade. Não houve relatos de vítimas, ainda segundo a agência Dogan.

Polícia examina local onde houve tiroteio em frente ao palácio de Dolmabahce, em Istambul (Foto: Murad Sezer/Reuters)Polícia examina local onde houve tiroteio em frente ao palácio de Dolmabahce, em Istambul (Foto: Murad Sezer/Reuters)

O governo afirma que um grupo terrorista foi responsável pelo ataque, diz a Reuters

Logo depois do tiroteio, a polícia turca deteve duas pessoas com armas que incluíam granas e rifles automáticos.

O tráfego foi interrompido nas avenidas principais em torno do palácio, afirma a AFP.

Este novo ataque acontece uma semana depois de uma série de atentados que atingiram Istambul e cidades do sudoeste do país, matando seis membros das forças de segurança turcas.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/tiroteio-e-ouvido-perto-de-palacio-em-istambul-na-turquia-diz-agencia.html

Presidente do Iêmen é levado para local seguro depois de ataque ao palácio

O Presidente do Iêmen, Abd Rabbo Mansur Hadi, foi retirado hoje para local seguro depois do ataque de um avião de combate contra o palácio de Áden (sul) onde está refugiado desde fevereiro, informou fonte da presidência.

“O Presidente Hadi foi levado para um local seguro, mas não abandonou o país”, disse a fonte, citada pela agência France-Press.

Um avião de combate sobrevoou hoje por duas vezes o palácio, desencadeando disparos das defesas antiaéreas.

No primeiro sobrevoo, o avião fez alguns disparos que não atingiram o palácio, caindo numa colina próxima sem fazer vítimas, segundo fontes da segurança do presidente.

Hadi refugiou-se em Aden, em fevereiro, depois de fugir da capital, Sanaa, onde era mantido sob prisão domiciliar pela milícia xiita dos ‘houthis’ que tomou o poder na capital.

A instabilidade chegou, entretanto, a Áden, onde hoje violentos confrontos entre milícias e forças leais ao presidente obrigaram a fechar o aeroporto internacional da cidade.

Pelo menos seis pessoas morreram e 20 ficaram feridas, segundo as forças de segurança.

http://www.dnoticias.pt/actualidade/mundo/505567-presidente-do-iemen-retirado-para-local-seguro-depois-de-ataque-ao-palacio