Arquivo da tag: #Roma

ISIS lança novo vídeo arrepiante na Líbia que poderia revelar o destino do chefe do Estado Islâmico Al-Baghdadi

Estado islâmico na Líbia publicou um novo vídeo na semana passada com imagens raras da batalha na Líbia que continha sendo uma ameaça assustadora contra a Itália – e um anúncio surpreendente sobre o líder ISIS al-Baghdadi.

As imagens do vídeo mostraram terroristas do ISIS com armamento e um veículo blindado, envolvidos em batalhas de rua com grupos de oposição no que poderia ser a cidade líbia de Benghazi. Mais tarde no vídeo, os terroristas do ISIS podem ser vistos vestindo cintos suicidas. Um deles parecia pronto para embarcar em uma missão suicida e foi abraçado por um companheiro.

O vídeo também continha imagens gráficas de cadáveres decapitados e corpos mutilados. No final do vídeo, um terrorista do ISIS fez um longo monólogo em que ele previu uma batalha entre o ISIS e exércitos não muçulmanos nos arredores de Roma após a conquista da Líbia. Essa batalha vai permitir o Estado islâmico se espalhar por toda a Europa e levantar a sua bandeira em lugares como Roma e Istambul.

O homem mascarado também chamou muçulmanos para aderirem ao Estado Islâmico e disse que “o califa já estava aqui.”

Sua observação sobre o Califa poderia ser uma indicação de que o líder Abu Bakr al-Baghdadi, de fato, mudou-se para a Líbia para escapar das tentativas de assassinato por parte das coligações que lutam contra o Estado Islâmico na Síria e Iraque.

https://cqrcengage.com/act/app/document/11449831

Bispo herético de Roma se curva para Meca, mas não vai se ajoelhar diante do próprio Deus

Em uma demonstração chocante – e nunca antes vista ou documentada de irreverência religiosa por um Papa, Francisco tirou os sapatos e se inclinou em direção a Meca antes de entrar em uma mesquita na República Centro-Africana mas, ao ir rezar a missa, como apontou o jornalista católico Antonio Socci, ele se recusou a fazer a genuflexão diante do Santíssimo Sacramento, ao entrar na Igreja.
Basta comparar estes gestos com os do Papa João Paulo II, que, mesmo quando doente, se ajoelhou.

Versus João Paulo II:

A Eucaristia é o centro da adoração na missa é a razão pela qual ela existe. Na Eucaristia, o próprio Jesus é o órgão presente-, sangue, alma e divindade – sob as espécies do pão e do vinho depois da consagração na missa. Este é o ensinamento do próprio Cristo no Evangelho:

Muito sinceramente, eu vos digo: quem crê tem a vida eterna.   Eu sou o pão da vida.  Seus antepassados ​​comeram o maná no deserto e morreram.  Este é o pão que desce do céu, para que se possa comer dele e não morrer.  Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem come deste pão viverá para sempre; e o pão que Eu darei pela vida do mundo é a minha carne “(João 6: 47-58).

Os judeus discutiam entre si, dizendo: “Como pode este dar-nos a sua carne a comer?”  Então Jesus disse-lhes: «Em verdade, vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue , não tereis a vida em vós.  Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia;  Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida.  Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu neles.  Assim como o Pai que me enviou vive e Eu vivo pelo Pai, assim aquele que de mim se alimenta, também viverá por causa de mim.  Este é o pão que desceu do céu, não como o que seus antepassados ​​comeram, e morreram. Mas aquele que come deste pão viverá para sempre “. Ele disse estas coisas enquanto ele estava ensinando na sinagoga de Cafarnaum. (João 6: 47-59)

Para quem nunca duvidou disso, Deus providenciou a prova com inúmeros milagres bem documentados em que a Eucaristia visivelmente sangra ou se faz carne real. É a mesma razão pela qual adoradores do diabo nunca mais vão atrás da “eucaristia” nas Igrejas protestantes. Eles vão dizer a você – se é que apenas representa Jesus- eles querem ferir a própria carne de Jesus diretamente – e que a única maneira que eles podem fazer isso é com anfitriões consagrados.

Eu nunca me lembro de nenhuma vez que um Papa não se ajoelhou diante do Santíssimo Sacramento. Para definir um modelo desse tipo de impiedade para com o próprio Deus é nada menos que um sacrilégio. Mas quando se trata de Islã, esta mesma pessoa seguiu a lei islâmica na remoção de seus sapatos em uma mesquita e curvando-se em direção à pedra negra de Meca. Esta não é a primeira vez que Francisco se envolveu em tal heresia, como ele fez o mesmo no ano passado.

Deixe-me perguntar-lhe: Você acha que os muçulmanos que foram convidados a rezar no Vaticano pelo Papa Francis no ano passado fizeram uma reverência para Jesus no Santíssimo Sacramento? Nós todos sabemos a resposta para essa pergunta.

Este homem está mais interessado em tornar-se desejável aos olhos de homens do que de Deus.

por Andrew Bieszad em 3 de dezembro, 2015 em Geral

http://shoebat.com/2015/12/03/88808/

APÓS PARIS, ESTADO ISLÂMICO PROMETE ATACAR ROMA, WASHINGTON E LONDRES

Terroristas ameaçam prosseguir com os ataques iniciados em Paris nos Estados Unidos, Itália e Reino Unido.

Grupo terrorista promete prosseguir com massacre
Na noite de sexta-feira, 13 de novembro, cerca de três horas após os ataques que ceifaram a vida de dezenas de pessoas na capital francesa, o grupo terroristaEstado Islâmico reivindicou a autoria do massacre e ameaçou fazer o mesmo em Washington, nos Estados Unidos, em Roma, na Itália e em Londres, no Reino Unido.

Os terroristas comemoraram na internet usando uma hashtag em árabe que traduzida significa ‘Paris em Chamas’. Além de comemorar, o grupo avisa que os ataques foram uma ‘lição’ aos franceses. Nessa semana, caças do exército francês destruíram uma base de petróleo dominada pelo EI na Síria. Acredita-se que a ‘lição’ tenha relação com esse ocorrido e que tenha servido de represália.

http://br.blastingnews.com/mundo/2015/11/apos-paris-estado-islamico-promete-atacar-roma-washington-e-londres-00652459.html

Prefeito de Roma adverte para risco de atentados durante Ano Santo

Ano Santo será realizado de dezembro de 2015 a novembro de 2016.
Tradição é celebrada a cada 2 anos e permite perdão pela penitência.

O prefeito de Roma, Ignazio Marino, advertiu nesta quinta-feira para o risco de atentados na capital durante o Ano Santo convocado pelo Papa e que será realizado entre dezembro de 2015 e novembro de 2016.

“É o primeiro Jubileu que é celebrado desde 11 de setembro de 2001 e em tempos do EI”, a organização jihadista Estado Islâmico, explicou Marino em uma entrevista ao jornal “Corriere della Sera”.

“Todas as indicações que temos dos serviços de inteligência americanos e dos prefeitos americanos com quem falei recentemente falam de riscos concretos de atos terroristas na Itália e em Roma”, disse.

O Ano Santo, também chamado de Jubileu, é uma tradição da igreja católica que em teoria é celebrada a cada 25 anos e que permite que os fiéis obtenham o perdão fazendo penitência.

O último Jubileu foi convocado em 2000 por João Paulo II, mas o papa Francisco decidiu no início deste ano convocar um a partir de dezembro chamado “Jubileu da Misericórdia”.

O prefeito de Roma também declarou que não pode “defender a capital contra o terrorismo apenas com os policiais municipais”, um convite ao governo para que reforce a segurança na capital.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/07/prefeito-de-roma-adverte-para-risco-de-atentados-durante-ano-santo.html

Lutando pelos cristãos e minorias perseguidos