Arquivo da tag: #terroristas

Quênia: Força Aérea bombardeia posições do Al-Shabaab na Somália

A Força Aérea do Quênia bombardeou posições do grupo militante Al-Shabaab na Somália naquela que será a primeira resposta militar de envergadura ao ataque à universidade queniana de Garissa que matou quase 150 pessoas na quinta-feira.

A informação foi divulgada pela agência de notícias Reuters, citando uma fonte anônima das forças armadas, que indicou que a aviação atacou campos do grupo ligado à Al-Qaeda na região somali de Gedo.

As autoridades ofereceram uma recompensa de 195 mil euros pela captura do alegado mentor do ataque à universidade, Mohamed Mohamud.

O governo queniano está sob pressão. Crescem as críticas sobre a resposta das autoridades aos ataques de quinta-feira.

Passados cinco dias, muitos familiares das vítimas estão ainda vivendo o doloroso processo de identificação dos entes queridos.

O presidente queniano, Uhuru Kenyatta, afirmou que os autores e financiadores estão profundamente enraizados na sociedade do Quênia e pediu à comunidade islâmica para fazer mais para combater o radicalismo.

http://pt.euronews.com/2015/04/06/quenia-forca-aerea-bombardeia-posices-do-al-shabaab-na-somalia/

Corpos de terroristas islâmicos que mataram 148 cristãos são exibidos em carreata no Quênia

País vive luto e aumenta segurança para rezar missa de Páscoa; agressor era filho de funcionário do governo.

NAIRÓBI – Após o atentado que matou 148 pessoas na Universidade de Garissa, no Quênia, algumas histórias insólitas vieram à tona. Segundo um informe do Ministério do Interior neste domingo, um dos terroristas do al-Shabaab no local era graduado em direito e filho de um funcionário do governo. Os corpos dos agressores foram exibidos pela cidade. Um outro possível ataque foi frustrado em Mombasa, enquanto a polícia aumentou exponencialmente a presença para as celebrações de Páscoa.

Abdirahim Abdullahi se formou em direito na Universidade de Nairóbi em 2013, quando se radicalizou e fugiu para os terroristas.

“O pai havia reportado às autoridades o sumiço do filho, e estava ajudando a polícia a rastrear seu paradeiro à época do ataque”, disse o porta-voz Mwenda Njoka em mensagem à Reuters. “Era um estudante brilhante, mas se envolveu com ideias malucas.”

Segundo a al-Jazeera, um dos terroristas mortos queria ir à Síria, mas teve o passaporte confiscado e resolveu se unir ao al-Shabaab.

Os ataques criaram uma rivalidade entre os mais de 80% de cristãos do país e a minoria islâmica. Declarações do presidente Uhuru Kenyatta mostraram os terroristas “profundamente entranhados”.

Até crianças foram revistadas – GORAN TOMASEVIC / REUTERS

Em Garissa, os corpos dos terroristas foram exibidos em uma parada pública. Um vídeo da CNN mostra a população correndo para acompanhar os cadáveres sendo levados e hostilizados em picapes.

Em duas ocasiões, o Papa Francisco condenou os ataques a brutalidade da perseguição religiosa ao redor do mundo. Neste domingo, sua missa de Páscoa teve o atentado como um dos enfoques. Com medo de novos ataques, padres quenianos pediram um reforço para poderem rezar a missa dominical de Páscoa.

Em uma igreja na cidade portuária de Mombasa, religiosos foram retirados após uma unidade de prevenção de explosivos detectar um veículo suspeito perto. Até guardas particulares reforçam o local.

O al-Shabaab prometeu novos ataques “sangrentos” no Quênia.

http://oglobo.globo.com/mundo/corpos-de-terroristas-que-mataram-148-sao-exibidos-em-carreata-no-quenia-15786071

Forças paquistanesas matam 15 militantes em Khyber

O Paquistão diz que pelo menos 15 supostos militantes terroristas foram mortos durante uma troca de tiros na região tribal de Khyber, noroeste do país, perto da fronteira com o Afeganistão.

O exército paquistanês disse em um comunicado que as suas forças lançaram um ataque após avistar um grupo de militantes perto de um posto militar em Tirah Vale da região de Khyber, no sábado.

“Tropas foram cercadas por e houve intenso tiroteio”, disse o comunicado, acrescentando que três soldados paquistaneses também foram feridos na batalha de sábado.
Khyber é uma das regiões de fronteira do Paquistão com o Afeganistão que têm sido um esconderijo para os grupos militantes, incluindo a al-Qaeda e os talibãs paquistaneses, durante os últimos anos.

http://www.presstv.ir/Detail/2015/03/28/403688/Pakistani-soldiers-kill-15-militants

EUA REMOVE IRÃ E HEZBOLLAH DA LISTA DE GRUPOS TERRORISTAS

Um relatório anual entregue recentemente ao Senado dos EUA por James Clapper, diretor de Inteligência Nacional, removeu o Irã e Hezbollah de sua lista de ameaças terroristas, depois de anos de destaque em relatórios semelhantes. A versão não classificada da Avaliação de Ameaça Mundial das comunidades de inteligência dos EUA, datada de 26 de fevereiro de 2015 (PDF), destacou os esforços do Irã para combater extremistas sunitas, incluindo aqueles do grupo ultra-radical Estado Islâmico, que constituem preeminente ameaça terrorista para os interesses americanos em todo o mundo.

Ao descrever o papel regional do Irã, o relatório observou a República Islâmica com “intenções para amortecer o sectarismo, construir parceiros, e diminuir tensões com a Arábia Saudita”, mas advertiu que “líderes iranianos, particularmente no âmbito dos serviços de segurança executam políticas com consequências secundárias negativas para a estabilidade regional e, potencialmente, para o Irã. “As ações do Irã para proteger e capacitar as comunidades xiitas estão alimentando temores crescentes e respostas sectárias”, disse. Os Estados Unidos e outras nações ocidentais, junto com uma coalizão de aliados regionais, sunitas e xiitas, vem lançando ataques contra alvos do Estado Islâmico no Iraque e na Síria nos últimos meses. O grupo sunita, também conhecido por suas siglas IS, ISIS e ISIL, é uma ramificação da al-Qaeda, que já conquistou um califado autoproclamado em grandes áreas da Síria e do Iraque, cujos governos são aliados do Irã.

O grupo libanês xiita Hezbollah, que é financiado e orientado por Teerã, tem lutado contra o Estado Islâmico, independentemente da campanha liderada pelos Estados Unidos, tanto na Síria quanto no Iraque. Enquanto isso, os EUA tem se empenhado na maratona de negociações com o Irã em um esforço para chegar a um acordo sobre o seu programa nuclear. Teerã, de acordo com a avaliação da ameaça da Inteligência Nacional, tem “objetivos estratégicos mais amplos para reforçar a sua segurança, prestígio e influência regional [que] levaram-na a buscar recursos para atender seus objetivos civis e dar-lhe a capacidade de construir armas nucleares, se optar por fazê-lo. “O relatório disse que não estava claro se o Irã acabaria por decidir construir armas nucleares, mas observou que, se o governo iraniano decidir seguir esse caminho, ele teria de enfrentar não” intransponíveis barreiras técnicas para a produção de uma arma nuclear. Irã permanece na busca de tecnologia de mísseis balísticos intercontinentais, como um sistema de entrega provável para uma arma nuclear, e foi delineada as ameaças iranianas nos reinos de contra-espionagem e guerra cibernética.

De acordo com um think tank de Israel, a remoção do Irã e seu procurador Hezbollah da lista de ameaças do terror, onde eles eram apresentados nos anos anteriores, estava diretamente relacionada com a luta contra o Estado Islâmico.

https://madmimi.com/p/c95306?fe=1&pact=29028762161

Conheça as mulheres temidas pelo ISIS

Estas são as mulheres que o Estado Islâmico mais teme, isto porque ser morto por uma mulher, segundo os terroristas, não lhes garante um lugar no paraíso.

Em 2012 surgiram as brigadas femininas do YPG (Unidades de Proteção do Povo), uma milícia armada que combate o Estado Islâmico.

Já existem cerca de sete mil mulheres voluntárias, com idades entre os 18 e os 40 anos, que recebem o mesmo treino que os homens.

São muçulmanas, cristãs, ateias, mas há algo nelas que aterroriza os jihadistas. Em entrevista ao Mirava News, uma combatente explicou que eles acreditam que se forem mortos por uma mulher, não vão para o paraíso.

Recorde-se que Ivana Hoffman, a primeira mulher ocidental a combater pelo Estado Islâmico morreu no sábado passado.

Conheça algumas destas combatentes, segundo os perfis criados por estas mulheres no Facebook.

http://www.noticiasaominuto.com/mundo/359360/conheca-as-mulheres-temidas-pelo-estado-islamico#/615/1

Estado Islâmico cria exército de crianças acostumadas a decapitar desde pequenas

Crianças estão sendo doutrinadas e radicalizadas desde o nascimento por grupos terroristas.

O Estado Islâmico está transformando um exército, composto por centenas de crianças, disposto a assassinar, virar homem-bomba e morrer em batalhas.

Foto: Reprodução/DailyMail

http://noticias.r7.com/internacional/fotos/estado-islamico-cria-exercito-de-criancas-acostumadas-a-decapitar-desde-pequenas-16032015#!/foto/6

Palestinos comemoram o ‘Dia Internacional da Mulher’ homenageando as terroristas que mataram civis israelenses

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado pelos palestinos com a circulação das fotos de terroristas do sexo feminino que mataram dezenas de israelenses.

Foi divulgado um comunicado homenageando 20 criminosas que estão em prisões israelenses.

http://elderofziyon.blogspot.co.il/2015/03/pa-using-womens-day-to-support.html#.VP6Ff_nF9id