O absurdo da Organização das Nações Unidas não tem limites.

O embaixador de Israel nas Nações Unidas, Danny Danon, criticou a escolha da Venezuela como membro do Conselho de Direitos Humanos da ONU na quarta-feira.

“O absurdo na ONU não tem limites – Venezuela é o maior aliado do Irã e da Coréia do Norte”, disse ele. Na Assembleia Geral da ONU, cento e trinta e um estados votaram a favor da eleição da Venezuela como membro.

“Devemos lembrar este dia seguinte vez que a ONU condenar Israel”, disse Danon. “Quando um país como Venezuela, que oprime o seu próprio povo, restringe a liberdade de imprensa e aprisiona membros da oposição, torna-se um membro do Conselho de Direitos Humanos não é surpreendente que este mesmo Conselho condenar Israel mais do que qualquer outro país do mundo. ”

“Nós vamos continuar a levantar a nossa voz, refutando todas as mentiras e expor a verdadeira face daqueles que têm a ousadia de palestra-nos em todas as oportunidades na ONU”, disse Danon.

Padre Gabriel Naddaf em Português

Artigo no Jerusalem Post / JPost.com: http://goo.gl/SfF4Qn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s